Voltar

Jogo Rápido

Revista Grandes Construções Edição 47 - 04/2014

Itubombas amplia presença nas obras de Jirau

Especializada na locação de conjuntos motobomba de alta tecnologia, a Itubombas vem ampliando sua presença nas obras da usina hidrelétrica de Jirau, em Rondônia. Os equipamentos da empresa estão sendo usados no bombeamento para restabelecer a carga hidráulica nas áreas entre as ensecadeiras e as casas de forças nas duas margens do rio Madeira, onde está sendo construída a usina. A  empresa atua como contratada do consórcio Energia Sustentável do Brasil (ESBR), responsável pelo empreendimento.

O bombeamento acontece para que sejam repostos os volumes de água nas ensecadeiras: intervenções que funcionam como barreiras para desviar o curso da água e permitir a execução das obras em áreas anteriormente submersas. Com as obras executadas, o consórcio construtor pode finalizar a instalação das turbinas nas casas de força e remover as ensecadeiras.

No total, as duas margens do rio vão abrigar 50 turbinas hidráulicas do tipo bulbo, sendo que 28 serão instaladas na margem direita e outras 22 na margem esquerda.

Na primeira etapa, foram usadas três bombas com capacidade para movimentar 2.000 mil m³/h e nove bombas com capacidade para 950 m³/h. Isso na margem esquerda.

Na outra margem do rio, foram usadas seis bombas para 2.000 m³/h e outras três bombas para 950 m³/h.

A segunda etapa de bombeamento acontece em 2014.  “Não foi possível estimar, com precisão, a vazão real das bombas. Entretanto, considerando-se eficiência e paradas para manutenção, o rendimento na margem esquerda deve ter se situado entre 60% e 65%. Já na margem direita, os índices chegaram próximos a 80% porque nesta margem a altura de sucção foi menor”, detalha Alisson Costa, da Leme Engenharia, empresa responsável pela engenharia do proprietário na obra.

 

 

10/04/2014
10/04/2014

Petróleo, Gás e Combustíveis

Potencial aumenta volume de contratos no setor