Voltar

Jogo Rápido

Revista Grandes Construções Edição 14 - 05/2011

Ibama emite licença de operação para o Gastau

O Ibama emitiu Licença de Operação para a Transportadora Associada de Gás (TAG), relativa ao Gasoduto Caraguatatuba/Taubaté (Gastau). A obra irá viabilizar o transporte de gás natural do Campo de Mexilhão, a cerca de 140 km da costa e, futuramente, do campo de Tupi, situado nas camadas do pré-sal. Com diâmetro projetado de 28 polegadas e extensão aproximada de 94 km, o gasoduto terá capacidade para transportar até 20 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

O Gastau foi implantado a partir da Unidade de Tratamento de Gás e de Condensado/UTGCA, denominada Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato, em Caraguatatuba/SP, até a Estação de Compressão de Taubaté, localizada no município de Taubaté, em São Paulo. E atravessa os municípios de Caraguatatuba, Paraíbuna, Jambeiro, São José dos Campos, Caçapava e Taubaté, no Estado de São Paulo, e se interligará à malha de gasodutos do sudeste através do gasoduto Campinas-Rio.