Voltar

Jogo Rápido

Revista Grandes Construções Edição 26 - 05/2012

Eletrobras Chesf arremata três lotes em leilão de transmissão

A empresa arrematou os três lotes que disputou, com um deságio médio de 22,8% em relação ao total estimado pela Aneel. No total, as obras para a construção das linhas de transmissão gerarão 2.664 empregos diretos. A empresa deverá investir R$ 444 milhões nos lotes arrematados.

O Lote A, conquistado pela Chesf com o lance de R$ 8.310.732 (um deságio de 7%), composto pelas subestações Mirueira II (PE, 230/69kV) e Jaboatão II (PE, 230/69kV), vai gerar, na construção, 498 empregos. O investimento é calculado em R$ 83 milhões.

O segundo lote era composto pelas linhas de transmissão Mossoró II-Mossoró IV (RN, 230kV, 40 km de extensão), Banabuiú-Russas (CE, 230kV, 110 km) e Touros (RN),Ceará-Mirim (CE) (230kV, 60 km), além das subestações Mossoró IV (RN, 230/69kV, 100 MVA) e Touros (RN, 230/69kV, 150MVA). As obras vão gerar 708 empregos diretos, com investimentos de R$ 118 milhões.

Terceira vitória da Chesf, o Lote C foi o que teve maior deságio: 30%. A empresa ofereceu um lance R$ 18.224.652 contra uma avaliação de R$ 27.200.990 da Aneel. O lote foi composto pelas linhas de transmissão Pindaí II-Igaporã III (230kV e 46 km), Igaporã II-Igaporã III Circuitos 1 e 2 (230kV e 4km de linhas) e pela secção da linha de transmissão Bom Jesus da Lapa-Ibicoara (500kV, 78 km), todas na Bahia. Também na Bahia estarão as duas subestações que compuseram o lote – Pindaí II (230/69kV, 300 MVA) e Igaporã III (500/230kV, (6+1x250MVA). A construção vai gerar 425 empregos diretos, com investimento de R$ 243 milhões.

Todas as obras deverão estar prontas 20 meses após a assinatura dos contratos.

O último lote do certame, composto pela linha de transmissão Itabirito II-Vespasiano II (MG), não teve apresentação de propostas.

 

25/05/2012

Máquinas e Equipamentos

Novas opções em miniescavadeiras

25/05/2012