Voltar

Jogo Rápido

Revista Grandes Construções Edição 47 - 04/2014

Crédito imobiliário cresce 22% no início de 2014 e atinge R$ 8,2 bilhões

R$ 8,2 bilhões, melhor resultado para um mês de janeiro nos últimos 20 anos. Em relação a igual mês do ano passado, houve um crescimento de 22% nos valores contratados.  Segundo dados divulgados pela Abecip – Associação Brasileira das Entidades de Créditos Imobiliário e Poupança, o período acumulado de 12 meses encerrados em janeiro de 2014, o volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis, com recursos das cadernetas de poupança do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), alcançou o montante de R$ 110,6 bilhões, 32% maior que o apurado nos 12 meses precedentes.

Em janeiro, foram financiadas aquisições e construções de 39,9 mil imóveis, um aumento de 12% em comparação com o mesmo mês do ano passado. Embora o número de unidades financiadas tenha sido inferior ao de dezembro de 2013, o resultado foi o maior para um mês de janeiro nos últimos 20 anos. Em termos acumulados, entre fevereiro de 2013 e janeiro de 2014, foram financiados 534,1 mil imóveis, número recorde que superou em 17% o de 455,1 mil unidades contratadas nos 12 meses anteriores.

Os depósitos em cadernetas de poupança nos agentes financeiros do SBPE atingiram o montante líquido de R$ 711 milhões, resultando em captação líquida positiva pelo 23º mês consecutivo.

O resultado foi ligeiramente inferior ao de janeiro do ano passado, mas a sinalização foi positiva, pois mesmo se tratando de um período com grande concentração de despesas para os poupadores (IPTU, IPVA, matrículas e material escolares, etc.), os depósitos superaram as retiradas.  O saldo dos depósitos de poupança no SBPE alcançou, em janeiro, cerca de R$ 470 bilhões, registrando elevação nominal de 20% comparativamente a janeiro de 2013.

 

 

10/04/2014
10/04/2014

Petróleo, Gás e Combustíveis

Potencial aumenta volume de contratos no setor